terça-feira, 15 de abril de 2014

(MENSALÃO) ZÉ DE ABREU: "QUEM NÃO DEIXOU A CRISE CHEGAR NO LULA FOI O ZÉ DIRCEU"

Via Blog do Jadson Oliveira

José de Abreu, ao centro, com o também ator Paulo Betti e José Dirceu
“Como confiar num líder que abandona seu companheiro numa prisão INJUSTA? Lula e Dilma tem que se manifestar URGENTEMENTE!”

Por Blog do Rovai, de Renato Rovai, editor da revista Fórum, de 14/04/2014 

O ator José de Abreu, como se costumava dizer na época em que ele era militante estudantil com Zé Dirceu, balançou a roseira do petismo com uma série de tweets publicados no sábado. Fez algo que até agora era considerado quase como uma heresia no partido. Foi para cima de Lula e Dilma cobrando solidariedade e ação na defesa do “companheiro” preso.

“Como confiar num líder que abandona seu companheiro numa prisão INJUSTA? Lula e Dilma tem que se manifestar URGENTEMENTE!”, escreveu. E foi mais longe “nao sou idiota nem inocente útil. Sem Dirceu nao haveria PT, nem Lula presidente, muito menos Dilma.”

Por telefone, Zé de Abreu, que estava em Budapeste aguardando o avião para voltar ao Brasil, disse ao blogue que retornando ao país pretende conversar com algumas pessoas para ver o que é possível fazer para ajudar o amigo.“Eu sou um artista e ajo com meus sentimentos. Não vou ficar fazendo cálculos eleitorais. Tô preocupado com o meu amigo de 60 anos e acho uma indignidade as lideranças do PT não fazerem nada. Tem que dar uma sacudida nisso”, disse.

Zé de Abreu disse que sua reação foi motivada por uma conversa que teve com a filha de Dirceu (Joana). “Agi impulsivamente em função do papo que tive com ela. Não posso ficar vendo meu amigo sofrendo de forma injusta sem dizer nada.”

Dirceu se mantém firme

O blogue conversou com mais duas pessoas que têm relação muito próxima a Dirceu. Ele de fato teria perdido 10 quilos desde que foi preso. “Mas isso não quer dizer que não esteja saudável. Na cadeia não tem doce, bebida, nada disso. E você acaba vivendo um regime forçado”, afirmou uma das fontes que prefere não ser identificada.

O ex-ministro não está deprimido, segundo essa mesma fonte. Ele continua atento ao cenário político, está preocupado com a reeleição de Dilma e discutindo todos os detalhes da sua defesa. Sente falta de uma solidariedade mais pública à sua causa por parte das principais lideranças do partido, mas estaria recebendo mensagens privadas de apoio.

Amanhã faz cinco meses que Dirceu está preso em regime fechado. A data pode ser utilizada para alguma ação dos advogados ou mesmo de Dirceu. Zé de Abreu acha que é o momento de Lula entrar em campo. “Quem não deixou a crise do mensalão chegar no Lula foi o Zé. Ele tem que defender o amigo, fazer algo. Não pode fazer de conta que não é com ele.”

sábado, 12 de abril de 2014

O governo Petista deu em dez anos, 6 bilhões de reais a Globo

Enquanto os militantes e ativistas do movimento Blogueiros Progressistas ficam defendendo o governo de graça. (nota do Ananindeuadebates) 

 

Via Blog Evidentemente de Jadson Oliveira

SOBRE A ALARDEADA QUEIXA DE DILMA A JOÃO ROBERTO MARINHO

Dilma e João Roberto Marinho, responsável pelo conteúdo editorial da Globo
O que não faz sentido é a atitude de Dilma, e do PT no poder, diante da Globo. A Globo faz o que sempre fez: sabota governos populares e intimida o mundo político para que seus privilégios imensos sejam preservados.

Por Paulo Nogueira, no seu blog DCM - Diário do Centro do Mundo, de 10/04/2014

Segundo Mônica Bergamo, da Folha, Dilma se queixou do Jornal Nacional numa conversa que teve com João Roberto, o segundo dos três filhos de Roberto Marinho e responsável pelo conteúdo editorial das Organizações Globo.

Faz sentido, é claro.

O Jornal Nacional, absurdamente governista na ditadura militar, foi para a direção oposta quando o PT chegou ao poder.

Se o JN existisse sob Jango, é provável que ele seria mais ou menos como é hoje: uma ênfase extraordinária nas más notícias, reais ou imaginárias.

O que não faz sentido é a atitude de Dilma, e do PT no poder, diante da Globo. A Globo faz o que sempre fez: sabota governos populares e intimida o mundo político para que seus privilégios imensos sejam preservados.

E o que tem feito o governo em resposta? 

Nada. Repito: nada.

A evidência mais notável disso está nas verbas publicitárias que o governo destina à Globo. Em dez anos, foram 6 bilhões de reais, isso mesmo com a queda notável da audiência da emissora. (A Globo perdeu cerca de um terço do público na última década.)

Este dinheiro alimenta a máquina da Globo destinada à sabotagem de medidas favoráveis ao “Zé do Povo”, como o patriarca da Globo, Irineu Marinho, se referia aos cidadãos comuns.

O Secom, que administra a verba governamental, afirmava sob Helena Chagas que esse paradoxo – um dinheiro brutal para uma empresa que faz campanha contra – se devia a uma coisa chamada “mídia técnica”.

Pausa para rir. Ou chorar.

Nada justifica você premiar quem sabota você, ou numa visão mais ampla, a sociedade.

Para ler mais no DCM:

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Quem vai ser lembrado pela história como pior governador do Pará?

 
 
                           
 







 
 
O Governador Jatene (PSDB), faz um governo, onde a saúde, segurança, educação e a melhoria de qualidade de vida da população do Pará, estão entre as piores  do Brasil, a segurança é o carro chefe, Belém é destaque internacional como a 11ª cidade mais violenta do mundo. Jatene teve como padrinho político Almir Gabriel.
  O cantor Carlos Santos foi o governador do Jader Barbalho, que largou o estado na mão do dublê de político Carlos Santos, que quase levou o estado à bancarrota.
Quem sabe o blog faz uma enquete.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Entrevista com O Prof. Ulisses Vasconcelos: 'Pólo universitário de Ananindeua não foi implantado, o motivo é que a prefeitura de Ananindeua ainda não regularizou o terreno"



 Entrevista do Prof. Ulisses Vasconcelos a TV Ananindeuadebates. Nessa entrevista ele fala da Audiência Pública que aconteceu na Câmara de Vereadores de Ananindeua no dia 27/03/2014. A audiência foi para debater porque até agora o Pólo universitário de Ananindeua não foi implantada, o motivo é que a prefeitura de Ananindeua ainda não regularizou o terreno onde funcionava a antiga residência do Governador doado pelo Governo Ana Júlia ao município de Ananindeua.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Pioneiro: “na praça dando milho aos pombos”


O prefeito Pioneiro (PSDB)  está parecendo aquele cara da música "tudo acontecendo e eu aqui na praça dando milho aos pombos". Ananindeua ferve, denúncias e mais denúncias: compra de R$ 72 mil de bolachas e sucos para o gabinete do prefeito; aluguel de uma casa  por R$ 36 mil mensais para uma clínica; contrato de uma borracharia por R$ 77 mil (a borracharia é de um assessor de um vereador da base do prefeito e tem como endereço um prédio em um condomínio fechado). O inferno astral do prefeito continua: professores e rodoviários do transporte alternativo fecharam a frente da prefeitura na semana passada em protesto.
 
Pioneiro é um político populista que não entende muito de democracia e participação popular. Até agora não emitiu sequer uma notinha sobre as denúncias. Deve acreditar no velho jargão: “Daqui a pouco, o povo esquece". Mas a Justiça, nesses tempos de mensalão e CNJ, não anda esquecendo não.
O deputado Chicão (ele já bateu muito ponto no sítio de Pioneiro, é o candidato do PMDB à prefeitura) entrou com uma representação no Ministério Público, pedindo investigação do "Borrachagate". ( Versão Ananin do escândalo "Watergate", que derrubou o presidente Nixon do EUA). Vamos esperar.
Ananindeua precisa de resposta sobre a gastança do dinheiro público

NOTA DAS ENTIDADES SINDICAIS DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO PARÁ


 Governo Jatene despreza os servidores públicos

ATO PÚBLICO, PARALISAÇÂO E ASSEMBLEIA GERAL UNIFICADA DOS SERVIDORES
DATA: 10 / 04 / 2014 (Quinta-Feira) - 08 h - SEAD

As Entidades Sindicais dos servidores públicos do Estado do Pará (Sindicatos, Federação e Centrais Sindicais), convocam a categoria para ato público e assembleia geral ...
a se realizar no dia 10.04, (quinta-feira), na SEAD - Secretaria de Administração (Av. Alm. Barroso esquina com Travessa do Chaco) às 08 h., para deliberar a seguinte pauta: 1) Avaliar a Proposta do Governo Jatene e 2) Decidir Greve por tempo indeterminado.

Diante da intransigência do Governo Jatene demonstrado mais uma vez na ultima reunião com as entidades, no dia 03/04 e sua opção pelo confronto ao não aprovar nenhuma das reivindicações da pauta dos trabalhadores, nos resta o caminho da luta. A categoria não aceita o ínfimo reajuste salarial de apenas 5,5%, onde o governo descarta qualquer possibilidade de aumento real de salário e exclui todos os servidores que já receberam reajuste pelo salário mínimo.

Não aceitamos o congelamento do valor do auxílio alimentação, a não incorporação do abono salarial para o servidor de nível médio e exigimos o pagamento das perdas salariais históricas da categoria.

Dessa forma reafirmamos nossa disposição do dialogo na busca de uma solução que evite transtornos à sociedade paraense, que já vem sofrendo com as precárias condições do serviço público, por irresponsabilidade na gestão deste governo.

Entendemos a necessidade de assegurar condições de vida e de trabalho dignos no serviço público no Estado do Pará.

Por isso estamos em luta e, se necessário estaremos em greve a partir do dia 10/04/2014.

CTB - Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil
CUT - Central de Única dos Trabalhadores
CSP - Central Sindical Popular – Conlutas
CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil
FSPEPA – Federação dos Servidores Públicos do Pará
SEPUB – Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Pará
SINTEPP – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Pará
SINDETRAN - Sindicato dos Servidores do Detran - Pará
SINDIFEPA - Sindicato dos Servidores das Fundações no Pará
SINTEPA – Sind. dos Trabalhadores Estaduais de Previdência e Assistência do Pará
SINDSFEPA - Sindicato dos Servidores Fazendários do Pará
STAFPA – Sind. dos Servidores Públicos do Setor Agropecuário e Fundiário do Pará
SINDIAMBIENTAL - Sindicato dos Trabalhadores/as da Gestão Ambiental do Pará
SINDSAÚDE - Sindicato dos Servidores em Saúde no Pará
SINASPA - Sindicato dos Assistentes Sociais do Pará
SENPA – Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Pará
SINDPOL – Sindicato dos Policiais Civis do Par