sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Sem Crise: Empresa de Buffet contratada por R$ 384,00 mil pela Câmara de Vereadores de Ananindeua

A crise não abalou a Câmara de Vereadores de Ananindeua. a Presidenta da casa contratou a empresa especializada em prestação de serviços de buffet  para eventos protocolares de caráter institucional com respectivo fornecimento de alimentos, materiais e serviço de apoio, para atender as necessidades de comilanças dos vereadores Ananin. Este ano a Câmara já contratou vários serviços de alimentação, chegamos a pensar que a casa iria montar um Restaurante Popular para servir comida ao povão a um custo baixo. Fica aqui a dica para a presidenta da Casa Vereadora Francilda Pereira, a crise não é só no Brasil, em Ananindeua também.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Edilson Moura assume o MDA no Pará

O ex-deputado Edílson Moura assumiu a delegacia do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Pará. Edílson Moura foi secretário de cultura do estado. A questão agrária no Pará é um barril de pólvora. Edilson é um politico hábil e aberto ao diálogo.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Acordão entre Jeferson Lima e Éder Mauro para disputa municipal - Ananindeua, Belém


                                                                


A eleição vai se aproximando e os conchavos, acordos e boatos circulam a todo vapor. Corre a boca pequena que os aspirantes a prefeito de Ananindeua e Belém,  Jeferson Lima e o Delegado Eder Mauro fizeram um "acordão": Jeferson Lima apoiaria o Deputado Éder Mauro em Belém, e o delegado o apoiaria em Ananindeua. É esperar para ver.

Ananindeua realiza Conferência de Políticas Públicas para as Mulheres

Nos dias 27 e 28 (quinta e sexta-feira) de agosto, no auditório da Unama na BR 316, acontece a  3ª Conferência de Políticas Públicas para as Mulheres de Ananindeua. É um grande momento de se debater de fato a aplicação por parte da Prefeitura de Ananindeua, essas políticas públicas. O município tem uma divida histórica com as mulheres Ananin

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Jatene e Pioneiro não dividem o mesmo Tacacá

Os boatos, sempre os boatos que dão vida aos corredores políticos. Um dos boatos é que Jatene (PSDB) está à procura de um candidato para sua sucessão,  mas o Prefeito Pioneiro não está na lista de Jatene . O prefeito  anda viajando pelo estado,  articulando sua candidatura a governador. No ninho tucano, Pioneiro nunca teve vez.   O caldo  de tucupi entornou, a goma azedou, e  eles não dividem o mesmo tacacá.

Operários da construção civil devem entrar em greve na segunda-feira




Diário Online
Na próxima segunda-feira (24), trabalhadores da construção civil de Belém farão uma assembleia que pode definir o início da greve da categoria.
Segundo o Sindicato Trabalhadores da Construção Civil Belém, os empresários seguem com a proposta de 9,81% de reajuste salarial, dividido em três vezes, e aumento de R$ 3,80 na cesta básica.
A assembleia será realizada pela manhã, no sindicato da categoria, localizado na 9 de janeiro entre José Malcher e Magalhães Barata. O trânsito no local deve ficar interditado.
Em março, os operários já haviam paralisado algumas obras na Região Metropolitana. Na época, a principal queixa da categoria era as mudanças no auxílio  desemprego, entre elas, o aumento do tempo necessário para o empregado receber o benefício, e a redução na pensão alimentícia aos familiares em caso de morte no acidente de trabalho.
(DOL)

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Aécio Neves lidera doações de proprietários de contas secretas da Suíça


Jornal GGN - Com um dos maiores e mais importantes bancos de dados secretos em mãos, os jornais O Globo e Fernando Rodrigues não fazem o jornalismo de dados, com o cruzamento completo das informações. Ao analisar os arquivos disponibilizados nas reportagens, é possível constatar que, além do que divulgaram os jornalistas, de o PSDB ter sido o maior beneficiado dos doadores para campanhas eleitorais com contas secretas no HSBC, o senador Aécio Neves foi também o candidato à presidência que mais recebeu. Esta última informação foi omitida dos jornais. 


Diretamente para a sua campanha foi destinado R$ 1,2 milhão de doadores que tinham contas secretas na filial do banco em Genebra. Em seguida, a também candidata à presidência, Marina Silva (PSB) angariou R$ 100 mil desses doadores. A presidente da República, Dilma Rousseff, não teve doações diretas dos proprietários dessas contas.


Excluindo o que foi depositado para o Comitê de Aécio Neves, os demais comitês (estaduais e contas de políticos) do PSDB receberam um total de R$ 1,725 milhão. Já o PT recebeu R$ 1,505 milhão, incluindo direção estadual e para os deputados federais Vicente Cândido (SP) e Janete Rocha Pietá (SP). O PMDB contabilizou R$ 568 mil de doadores com contas na Suíça.


Esses dados integram um novo episódio do Swissleaks, em um seleto grupo de 976 doadores, que entregaram no mínimo R$ 50 mil para as campanhas eleitorais do último ano. Destes, 16 nomes aparecem nos arquivos que tinham contas secretas no banco suíço HSBC. 


O balanço foi um resultado da integração do jornal O Globo no acesso aos dados disponibilizados ao Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ), no qual Fernando Rodrigues também participa.


Até então, somente personagens pontualmente selecionados, de todas as 5.549 contas secretas de brasileiros, foram vazadas. Com a adesão da equipe de O Globo, informações sobre políticos ligados ao PSDB e à escândalos de corrupção que envolveram diversos partidos foram, aos poucos, sendo divulgadas.


Dessa vez, os jornalistas elencaram os 976 empresários que doaram mais de R$ 50 mil nas campanhas eleitorais de 2014. Encontraram, então, 16 nomes que estão na lista investigada do HSBC da Suíça. 


Fábio Roberto Chimenti Auriemo, Filho de Fábio Roberto Chimenti Auriemo e Armínio Fraga teriam apresentado provas, de acordo com o blogueiro do Uol, de que suas contas foram declaradas à Receita Federal. O fato isentaria a ilegalidade das contas. 


Cláudio Szajman, Benjamin Steinbruch, Carlos Roberto Massa e Hilda Diruhy Burmaian não apresentaram provas, mas afirmaram que foi declarado ou que as contas eram regularizadas. 


Francisco Humberto Bezerra e Miguel Ricarto Gatti Calmon negaram que tivessem uma conta na filial suíça. Alceu Elias Feldmann, Edmundo Rossi Cuppoloni, Cesar Ades e Roberto Balls Sallouti disseram que não iriam responder sobre o assunto. José Antonio de Magalhães Lins, Gabriel Gananian e Jacks Rabinovich não responderam. E Paulo Roberto Cesso confirmou que teve uma conta, mas não disse se foi declarada à Receita.


Frente à essas informações é possível verificar, ainda, que curiosamente os doadores de Aécio Neves provaram ou afirmaram que as contas foram declaradas, segundo as divulgações de O Globo e Fernando Rodrigues. 


Por outro lado, ainda que com todos esses números em mãos, a redação de O Globo não publicou tudo. Nem Fernando Rodrigues. 


Para identificar que o senador e candidato derrotado Aécio Neves (PSDB-MG) liderou o índice de doações de contas suspeitas, foi preciso transcrever as quantias que cada empresário, donos das contas, repassou a cada político ou comitê. Neste caso, a ordem dos fatores altera o resultado. Uma vez separados por partidos, a visualização dos dados permite outras notícias. 


O Jornal GGN também elencou de acordo com as respostas dos empresários:











O senador Aécio Neves (MG) e nenhum outro do PSDB assinou o pedido de abertura da CPI do SwissLeaks-HSBC.