domingo, 25 de junho de 2017

ELIANE INSINUA QUE MILITARES QUEREM VOLTAR A GOVERNAR


Via 247
Jornalista Eliane Cantanhêde diz que quem mais cresce em meio ao governo moribundo de Michel Temer é o chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Planalto, general Sérgio Etchegoyen; "Assim como muitos reagem irritados a Boulos, chove indignação quando se constata que um general de Exército com o sobrenome Etchegoyen cresce em Brasília – em meio a uma crise pavorosa e à descrença do atual modelo político. Mas fatos são fatos. O que importa agora é saber quais são as ambições e objetivos do general. Aliás, das próprias Forças Armadas", diz a colunista do Estado de S. Paulo

25 de Junho de 2017 às 09:05 // 247 no Telegram

247 - A jornalista Eliane Cantanhêde fez neste domingo, 25, um paralelo entre o crescimento do coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) Guilherme Boulos e o chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Planalto, general Sérgio Etchegoyen, cada um em seu campo ideológico.

Segundo Eliane, com Temer agonizando, os ministros políticos tentando sobreviver à Lava Jato, os econômicos guerreando contra a crise, Etchegoyen está cada vez mais forte. Leia mais

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Secretário municipal de governo pede apoio aos vereadores para o programa "AMANINDEUA" da prefeitura de Ananindeua

                                                                                                Foto ASCOM CMA
Os vereadores de Ananindeua tendo a frente o presidente da casa o Dr. Daniel Santos, tiveram uma reunião na quarta-feira (21/06) na Câmara de Ananindeua (CMA) com o secretário Zé Carlos Antunes da pasta de Gestão de Governo (Segov) coordenador da equipe de governo do programa municipal “AMANINDEUA. O objetivo do encontro foi convidar os parlamentares para participar das reuniões e atividades do “AMANINDEUA”, que segundo o  secretário envolve ações de serviços e obras de infra-estrutura e outros. Os vereadores tem cobrado muito do prefeito Manoel Pioneiro, obras, serviços, melhorias na saúde e educação no município.

Os vereadores se disponibilizaram para participar das ações. “Queremos estar presentes em todas as reuniões, acompanhar essa iniciativa e somar, já que, pelo contato que temos com a população, podemos levar muitas sugestões de melhorias”, ressaltou o presidente da Câmara, Dr. Daniel Santos (PSDB). 
Presentes na reunião o  secretário  municipal de administração  Zezinho Lima e lideranças  populares. 


Com Informações da Ascom CMA

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Câmara de Ananindeua discute demandas dos Conselhos Tutelares do município




Via ASCOM CMA         

 Conselhos Tutelares são estruturas criadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para zelar pelo cumprimento dos direitos desse segmento da população em âmbito municipal, enfrentando violações como negligênia, abuso e exploração sexual e violências física e psicológica.

            Para debater a realidade dos Conselhos Tutelares de Ananindeua, a Câmara Municipal (CMA) realiza nessa quinta-feira (22), às 9h, uma audiência pública, requerida pelo vereador Robson Barbosa (PDT), que já foi conselheiro tutelar. Foram convidadas a participar as Secretarias Municipais de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat), de Saúde (Sesau), de Educação (Semed) e de Segurança e Defesa Social (Sesds); a Vara da Infância e Adolescência do Ministério Público Estadual; a Comissão da Criança e do Adolescente da OAB Pará; o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica); e os Conselhos Tutelares de Ananindeua.

         .



Serviço:
Audiência pública sobre os Conselhos Tutelares de Ananindeua

Data: 22 de junho de 2017

Hora: 9h

Local: Plenário João Nunes, da Câmara Municipal de Ananindeua (Avenida Zacarias de Assunção, nº 134, próximo à Prefeitura)Contato: 98112-8001 (Ádria Azevedo - Assessoria de Comunicação)

terça-feira, 20 de junho de 2017

Paulo Coelho crítica fala de Temer


Está falando do Aecio, dos ministros, dos deputados, ou é uma confissão pública?

Extra! Comissão do Senado rejeita relatório da reforma trabalhista


Por 10 votos a 9, senadores da Comissão de Assuntos Sociais decidiram rejeitar o relatório do senador Ricardo Ferraço, que era favorável ao texto

Apesar da Internet, esquerda sofre massacre na comunicação




Jadson Oliveira é jornalista baiano. Trabalhou nos jornais Tribuna da Bahia, Jornal da Bahia, Diário de Notícias, O Estado de São Paulo e Movimento. Depois de aposentado virou blogueiro e tem viajo pela América do Sul e Caribe.




 
 
A direita tem uma hegemonia esmagadora nos meios tradicionais de comunicação de massa. E é majoritária, embora com disputa, nos digitais, cuja influência é crescente. A esquerda precisa não só da democratização da mídia, mas duma rede de informação contra-hegemônica.

De Salvador-Bahia – Na semana passada foi divulgada uma pesquisa do Ibope dando conta de que 36% dos eleitores brasileiros apontam que a Internet/redes sociais terão “muita influência” na escolha do presidente da República em 2018.

Enquanto no caso da mídia tradicional (TVs, rádios, jornais e revistas), dá quase o mesmo percentual: 35%. A vantagem para a Internet é que sua influência é crescente e os percentuais se distanciam quando são consultados os jovens: entre os de 16 a 24 anos, os números são 48% x 41%.

Sites da blogosfera progressista, divulgando a matéria do Estadão assinada por José Roberto de Toledo, deram o título ‘Internet terá mais influência que a Globo em 2018’.

Claro que a pesquisa traz outros quesitos e outros percentuais (link abaixo para a matéria). Mas o que me interessa mesmo é discutir tais números com referência à esquerda (ou às esquerdas), especialmente levando em conta a posição massacrante dos monopólios da mídia tradicional, em especial a Globo.

Porque me parece que há a ilusão entre as esquerdas (e/ou centro-esquerda) de que “muita influência” dos meios digitais significa maior influência das forças à esquerda.

Não é assim. Me atrevo a dizer que é o contrário. No que pese o combate travado no dia-a-dia pelos “guerrilheiros” da blogosfera progressista e das redes sociais.

A direita tem muito mais força na Internet do que as esquerdas. Além dos seus também “guerrilheiros” e dos grandes portais dos veículos da imprensa hegemônica (G1, UOL, etc), tem dinheiro à vontade para manejar “exércitos” de “militantes” contratados, com nível sofisticado de profissionalização.

No caso, o exemplo mais conhecido numa campanha eleitoral aqui na América Latina é a do presidente argentino Mauricio Macri. Seu badalado marqueteiro – o “guru” equatoriano Jaime Durán Barba –, dirigindo um grupo de 300 contratados, através de extensa pesquisa e monitoramento do eleitorado, contribuiu, talvez decisivamente, para o resultado do pleito.

Conforme analistas, tal metodologia – com modernos instrumentos da Tecnologia da Informação (TI) e considerada “revolucionária” -, foi utilizada também na vitória de Donald Trump nos Estados Unidos.

Então, creio que os 36% de “muita influência” da Internet/redes sociais acabam levando mais água ao moinho da direita.

Talvez a ilusão da esquerda, ao enxergar o contrário, seja vitaminada pela hegemonia quase total da direita nos meios tradicionais: TVs abertas e por assinatura, todas as rádios, todos os jornalões e três das quatro revistas semanais.

O domínio da direita é tão avassalador nas mídias tradicionais – segundo a pesquisa, 35% de “muita influência” - que o fato da esquerda ter um certo poder de fogo (minoritário) nas digitais gera um distúrbio de visão.

Entre parênteses:

Não confundir com a conjuntura atual, transitória, na qual esses meios hegemônicos de comunicação de massa estão divididos diante do ‘Fora Temer’, porque os verdadeiros donos do poder, que comandam das sombras – em especial o capital financeiro – estão da mesma forma divididos.

Divisão que chega aos seus tentáculos mais visíveis: além da mídia, Congresso (partidos) e Judiciário. Divisão que reside na incerteza quanto à capacidade do governo Temer de bancar as contrarreformas trabalhista e da Previdência.

Ou seja, os golpistas não conseguiram chegar ainda a um consenso no ‘Fora Temer’. Mas no tocante às esquerdas (e/ou centro-esquerda, inclusive e sobretudo o PT e Lula), eles se unem sem dificuldades.

Conclusão:

Daí que, voltando a bater na minha tecla de sempre, a esquerda precisa lutar pela construção duma mídia contra-hegemônica, como fizeram governos progressistas e movimento popular da Argentina (no tempo de Cristina Kirchner), Venezuela, Bolívia e Equador. Mesmo agora, depois do golpe, em condições muito mais difíceis. É uma das condições para ter chances de lutar, de verdade, contra a corrupção, e pelas verdadeiras reformas, inclusive a democratização da mídia.

Link da matéria ‘Internet terá mais influência que a Globo em 2018’:

Guarda Municipal de Ananindeua morre em confronto com marginais



Via Dol Online

Um Guarda Municipal de Ananindeua identificado como Jadson Renan Moreira Teixeira, 33 anos, morreu na manhã desta terça-feira (20) após perseguição e troca de tiros com dois assaltantes passagem da São Jorge, com a Osvaldo Cruz, bairro de Águas Lindas, Ananindeua, região metropolitana de Belém.
De acordo com a Polícia, ele teria iniciado perseguição aos dois assaltantes após o roubo a uma senhora. Na troca de tiros, ele acabou sendo baleado e caiu da moto. Ele morreu ainda no local.
Os dois suspeitos fugiram. A Polícia segue investigando o caso.
(Com informações da Polícia Civil)


Por volta das 6:30 da manhã de hoje, o GM de Ananindeua Jadson Renan Moreira Teixeira de 33 anos, avistou dois meliantes assaltando uma senhora no conjunto Verdejantes.
O GM reagiu e baleou um dos bandidos que fugiram atirando pela mata do Utinga. E tentando se desviar do revide, caiu da motocicleta na passagem da São Jorge, canto com a Osvaldo Cruz, no bairro de Aguas Lindas, quebrando o pescoço e falecendo no local. Sua arma foi roubada em seguida.
Neste momento VTRs da 3ª CIA realizam incursões na Mata com apoio da policia militar atrás dos outros meliantes.
Pedimos aos servidores das UPAs e Unidades de Saúde de Ananindeua e Belém que fiquem atentos. O assaltante baleado, certamente procurará socorro.